sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Guerra silenciosa

Se você não concorda com a criação deste grupo, não perca tempo em ler este artigo.

Vivemos numa guerra silenciosa. Nunca se viu tantos casais dentro da igreja se divorciando. Tombam na guerra onde o adversário é o “vencedor”. Mas, Deus não confirmou o casamento? Como pode então haver a separação? Não era “até que a morte os separasse?” Deus é então enganador?

Não, não é...

Acredito sinceramente que Deus nos dá o livre arbítrio até nisto. Não queremos mais nos manter casados, ok, faça como queira poderia dizer Deus. Não que Ele aceite. Está escrito na bíblia como que Deus odiasse a separação (veja em Malaquias 2 http://www.bibliaonline.com.br/acf/ml/2).

Nesta batalha, será que não estamos abrindo a porta para que aconteça a separação e conseqüentemente o divórcio? Não estamos permitindo que a TV, a internet, a fofoca influenciem a nossa vida matrimonial? Eu tenho consciência de que há casos de divórcios inevitáveis. Mas, penso que são raros.

Você já percebeu que existe de forma muito subliminar há anos na TV a propagação de que o casamento não é mais uma instituição de Deus? Há uma clara orientação para a degradação da família. Vou provocar risos agora... exemplos: a turma do Chaves, quantos são casados na “Vila”? quantos filhos não têm pai ou mãe? Eu gosto muito desta série, mas, olhe por este prisma. E a turma do Pato Donald, quantos casamentos foram formados que você se lembre? E o Popeye nunca se casa com a Olivia? (risos) E nas novelas, quantos casamentos se desfazem? E com isto, a separação e o status de não estar casado está se tornando uma normalidade. 
Não tenho medo de você me achar ridículo com estes exemplos. Prefiro que isto aconteça, mas que haja uma reflexão. Este é o valor que você realmente quer passar para os seus filhos?

Não vou negar, não me acho o melhor marido do mundo, nem acho que meu casamento é perfeito. Já tivemos nossas crises e não foram poucas. Mas, estamos nos sustentando na palavra de Deus, nos esforçando para manter nossa aliança com Ele. Li recentemente que um homem não deve procurar uma esposa perfeita e vice-versa e sim, um ajudar ao outro caminhar para a perfeição, que é nosso Cristo Jesus. Temos nossos problemas e nossas desilusões, quem nãos os têm? Às vezes a crise financeira, desemprego, falta de perspectiva na vida, carências afetiva, sexual, emocional de um ou de outro leva ao esfriamento e ao fim do casamento. 

Vivemos numa sociedade com síndrome da solução do divórcio. “A se eu me separar a coisa irá melhorar, minha vida será outra”. Este é o pensamento comum, cada vez mais comum. Mas, será que se você se separar vai encontrar outra pessoa melhor e seu novo casamento será feliz? 

E quem garante que ao se divorciar você encontrará uma nova pessoa? Você já conversou com os divorciados para ver quantos que estão nesta situação e que são pessoas doentes emocionalmente falando? Doença da alma. Doenças que só Deus cura.

E nós o que estamos fazendo? Quantas pessoas que amo, admiro estão se separando e o problema é só deles? Será que não podemos fazer alguma coisa?

Fora que, além do aspecto psicológico, social, problemas na família, etc, espiritualmente falando não pode haver um segundo casamento conforme a bíblia. Sei que é polêmico, posso até não concordar, mas, está lá...

Quem tem mais de 10 anos de casado como eu (tenho 17) sabe que estamos nos tornando peça de museu. Estamos “fora da moda”...

Como pode o amor acabar assim tão facilmente? Quando namoramos e estamos recém-casados é aquele grude, amor pra cá, amor pra lá... e ai, por que deixou de amar a carne de sua carne? Você deixa de amar seu pai, sua mãe e irmãos? Dificilmente...

Sabe o que é, estamos nos comparando com o mundo, estamos nos esquecendo que somos a jóia da coroa de Deus. Somos o povo escolhido.

Busque na sua memória, quantos casais que você conhece dentro da igreja que se separou? Provoco este exercício em você para concluirmos este longo texto.

Vamos fazer algo? Acho que podemos, não?

https://www.facebook.com/groups/394837660583040/permalink/396670663733073/

Nenhum comentário: